fbpx

Tratamentos Indicados para o Ceratocone

Spread the love

Em nosso artigo, “Entenda O que é Ceratocone a Doença dos olhos” você leu que essa é uma doença séria e progressiva, que muda a estrutura da córnea.

Aprendeu que nos casos leves, o Ceratocone provoca graus maiores de miopia e astigmatismo, e nos graves graus ainda maiores até a perda da visão.

Além disso, também conheceu os seus sintomas e aprendeu que quanto antes o diagnóstico, melhores serão os tratamentos, que podem ser clínicos ou cirúrgicos, dependendo da situação.

Agora quer entender um pouco mais? Fique por aqui que neste artigo vamos explicar quais os tratamentos indicados para o Ceratocone.

TRATAMENTOS INDICADOS PARA O CERATOCONE

tratamento para o Ceratocone é na Checkup dos Olhos clínica oftalmológica em São Paulo
O que é ceratocone

TRATAMENTOS CLÍNICOS

Óculos

Quando o paciente apresenta um Ceratocone leve, onde as principais queixas são o embaçamento da visão e sensibilidade à luz, se faz a prescrição de óculos de grau.

Nestes casos, o uso de lentes de óculos de grau que escurecem e clareiam de acordo com a luz natural do ambiente, compensam bem a visão e dão um alívio ao paciente.

Lentes de Contato Rígidas Gás Permeáveis 

Com a progressão para o Ceratocone moderado a córnea já apresenta uma certa deformidade, resultando em graus maiores de astigmatismo e um pouco de aberração óptica, provocando distorções e visão dupla ou múltipla de objetos.

Nestes casos em que as lentes de óculos são paliativas e as de contato gelatinosas não surtem mais efeito, o oftalmologista pode propor o uso de lentes de contato rígidas gás permeáveis.

Essas lentes de contato podem compensar o grau e as aberrações da córnea, devido a nivelação que ela faz da superfície ocular.

Lentes Tipo Escleral 

No Ceratocone avançado as deformidades e aberrações da córnea são grandes, a ponto de provocar altos graus de miopia e de astigmatismo. Dessa forma, se torna inviável o uso de óculos e às vezes até de lentes de contato rígidas.

Em casos assim o oftalmologista pode propor, por exemplo,  a adaptação de Lentes tipo Escleral.

As Lentes Esclerais sãs grandes lentes que não encostam na córnea e se apoiam na parte branca do olho chamada Esclera.

Elas são colocadas sobre o olho com soro fisiológico estéril, nivelando a superfície ocular e compensando os graus e aberrações.

TRATAMENTOS CIRÚRGICOS INDICADOS PARA O CERATOCONE

Em alguns casos os tratamentos clínicos não são suficientes, sendo necessário o tratamento cirúrgico. Vamos a eles!

Crosslink

No Ceratocone muito avançado, além de grandes deformidades e aberrações, há um grande afinamento da córnea, o que a faz perder irreversivelmente a sua transparência.

Nestas situações o oftalmologista pode sugerir a realização do Crosslinking, indicada para tornar a córnea mais rígida e resistente ao processo de deformidade progressiva, e com isso, retardar ou até mesmo evitar um transplante de córnea.

Este procedimento consiste em remover a camada epitelial da córnea, para permitir sua saturação.

Com a ajuda do colírio Riboflavina (B2) se faz a aplicação da radiação ultravioleta em dosagem controlada por cerca de 10 a 30 minutos, dependendo da estratégia adotada.

Para a realização do Crosslinking, não é necessária internação e a cirurgia que dura apenas 1 hora, é realizada com anestesia de colírio.

No entanto, em alguns casos em que o oftalmologista achar necessário,  se faz uso da sedação.

Lembrando ainda que o Crosslinking é indicado para casos de Ceratocone progressivo, em crianças, adolescentes e adultos até 30 ou 40 anos de idade.

Implante de Anel Intraestromal 

Outro procedimento que pode ser adotado  nos casos em que os tratamentos clínicos não surtem mais efeito, é o Implante de Anel Intraestromal.

O Implante de Anel Intraestromal é uma cirurgia usada para reabilitar as funções visuais da córnea, e também para retardar ou impedir a sua progressão, afastando a necessidade de transplante de córnea.

Este procedimento consiste em fazer uma pequena abertura e um túnel circular no estroma,  para o implante de um ou dois segmentos de anéis de arcos, ou de espessuras variáveis, de acordo com a estratégia cirúrgica adotada.

Apesar disso, não é necessária internação. Quando possível, a cirurgia é realizada somente com anestesia de colírio e demora cerca de meia hora. Somente quando necessário se faz o uso de sedação.

Após a cirurgia, que pode ser realizada em qualquer faixa etária, o paciente tem alta imediata, e não precisa de cuidados especiais.

Transplante de Córnea

Infelizmente existem casos em que o Ceratocone avança tanto, que a córnea de tão fina acaba perdendo sua vital função de transparência.

Nestes casos, para recuperar a visão é preciso fazer a troca de todas ou algumas camadas da córnea, através do Transplante de Córnea.

Como os outros tratamentos, o Transplante de Córnea também não corrige o Ceratocone de vez. Seu objetivo é o de restabelecer a transparência perdida.

Importante saber que mesmo após o transplante, o paciente deve continuar seu tratamento clínico e, eventualmente cirúrgico, além de manter o controle do Ceratocone, que é uma doença crônica e degenerativa.

Transplante de Córnea de Espessura Total

Atualmente existem alguns tipos de transplantes de córnea, mas o mais realizado é o de Espessura Total.

Para a realização deste transplante, o cirurgião faz um corte circular da parte central da córnea e, uma pequena abertura do olho para colocar um gel protetor e, iniciar a retirada completa do botão da córnea danificada.

O Transplante de Córnea de Espessura Total, é o transplante de órgão humano mais realizado no mundo e, curiosamente, quanto mais jovem for o paciente, maior é o risco de rejeição.

Por isso, sempre que possível o transplante em adolescentes e jovens é adiado até sua fase adulta.

Lembrando ainda que a rejeição da córnea pode ocorrer em qualquer momento da vida de um paciente transplantado, mas quanto maior for a sua idade, menos complicado fica.

A recuperação pós-cirúrgico do Transplante de Córnea de Espessura Total é lenta. Pode levar de 6 a 12 meses para a recuperação total.

Transplante Lamelar Anterior Profundo

O Transplante Lamelar Anterior Profundo é uma técnica menos invasiva, que desde 2002 vem sendo a preferida entre os oftalmologistas.

Isto porque seu risco de rejeição e de outras complicações é menor.

Nesta técnica se preservam as duas últimas camadas da própria córnea do paciente, incluindo a camada endotelial que é a principal causa de rejeição.

Outra vantagem é que no Transplante Lamelar Anterior, a recuperação é mais rápida, podendo o paciente ser liberado  em torno de 3 a 6 meses.

Isto sem falar da validade deste procedimento, que é de aproximadamente 40 anos, enquanto que o de Espessura Total é de 20 anos.

IMPORTANTE:

tratamentos indicados para o ceratocone checkup dos olhos clínica oftalmológica em São Paulo

  • Em ambas as técnicas apresentadas acima, se utiliza a anestesia geral ou sedação mais profunda, mas apesar disso o paciente tem alta hospitalar no mesmo dia.
  • Não há restrições para o uso de telas, leituras e atividades com os olhos.
  • A única recomendação é com relação as atividades físicas, que mesmo as leves, devem ser liberadas após dois meses do procedimento.
  • Isto para evitar o risco de haver traumas nos olhos e a ruptura de pontos.

Lembrando ainda que se tiver qualquer dúvida, seja com relação ao Ceratocone, seus sintomas ou tratamentos, não deixe de nos procurar.

Mande uma mensagem ou comentário que nós da Checkup dos Olhos teremos prazer em responder.

Ligue ou mande uma mensagem pelo Whatassap.

E se quiser saber um pouco mais, acesse nosso canal no YOUTUBE e fique por dentro do Ceratocone e de outras doenças dos olhos.

Checkup dos Olhos sua clínica oftalmológica em São Paulo

× Como posso te ajudar?
Visit Us On FacebookVisit Us On YoutubeVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram